Compensação Pelo Signo Do Zodíaco
Substabilidade C Celebridades

Descubra A Compatibilidade Por Signo Do Zodíaco

Artigo

11 fatos autenticados sobre roadshow de antiguidades

limite máximo da tabela de classificação '>

Mesmo as pessoas que normalmente não sintonizam a programação serena da PBS são fãs deRoadshow de antiguidades, a série de longa duração (22 anos e contando) que permite que pessoas com itens colecionáveis ​​intrigantes e heranças de família solicitem conselhos de especialistas sobre seu valor histórico e monetário. Mais de 8 milhões de pessoas assistem ao programa semanalmente. Para saber mais sobre a série, incluindo as chances de entrar no ar, roupas proibidas e o item mais valioso de todos os tempos, continue lendo.

1Roadshow de antiguidadesfoi inspirado por um programa da BBC com o mesmo nome.

Antes da versão americana deRoadshow de antiguidadesestreou em 1997, uma versão da BBC estava no ar no Reino Unido desde 1979. Em 1981, um investidor de filmes chamado Dan Farrell decidiu comprar os direitos norte-americanos do formato para sempre. Infelizmente, ele não teve compradores por cerca de 14 anos, com os produtores de televisão americanos temendo que o conceito de antiguidades tivesse um público muito restrito. Eventualmente, a afiliada da Boston PBS WGBH e o produtor Peter McGhee decidiram trabalhar com Farrell e a BBC e adotar o formato para o público americano. A primeira gravação atraiu apenas algumas centenas de pessoas. Mas a notícia logo se espalhou. No segundo show, a polícia teve que direcionar o tráfego congestionado.

2. As chances de aparecer emRoadshow de antiguidadessão magros.


justvps

Roadshow de antiguidadesavaliador Leila Dunbar (L) examina um uniforme de beisebol Randy Gumbert. Cortesia de Luke Crafton para WGBH, © WGBH 2018

Roadshow de antiguidadesvisita seis cidades por ano para gravações em junho, julho e agosto. Em cada evento, os organizadores veem de 6.000 a 10.000 itens, de mais de 4.000 pessoas selecionadas em um sorteio aleatório de um grupo de candidatos para os ingressos grátis online. (Cada portador de ingresso pode trazer dois objetos para análise.) Destes, cerca de 80 são selecionados para inclusão em episódios dessa cidade. (Em 2019, a média era de cerca de 30 itens por episódio de um pool de 5.000 peças.) Os itens têm a melhor chance de obter tempo de transmissão se a história do item for intrigante, a história do proprietário for cativante e o avaliador tiver algo para adicionar. Ao contrário de muitos programas de reality, não há nenhum grupo de produtores decidindo qual conteúdo deve ir ao ar. Os avaliadores geralmente ouvem histórias e, em seguida, fazem petições aos produtores para apresentarem os itens que eles acham que fariam para a televisão atraente. Se for meramente valioso, provavelmente não será bem-sucedido. A mostra passou a apresentar pinturas no valor de US $ 500.000 porque as histórias por trás delas não tinham nenhum apelo.

3. a cadaRoadshow de antiguidadeso visitante recebe uma avaliação gratuita.

Não selecionado para tempo de antena? Sem problemas. Os titulares de ingressos ainda têm direito a uma avaliação gratuita de seus dois itens, independentemente de você acabar sendo filmado para a televisão.

Quatro.Roadshow de antiguidadesos avaliadores têm um pouco de tempo para estudar o assunto.

Roadshow de antiguidadesa avaliadora Katherine Van Dell (R) olha para um relógio e um anel de safira estrela Art Déco. Cortesia de Luke Crafton para WGBH, © WGBH 2018

quanto tempo lin manuel demorou para escrever hamilton

Enquanto avaliadores emRoadshow de antiguidadesconhecer suas coisas, é impossível ter os detalhes mais finos de cada objeto que vem em seu caminho. Uma vez que um item é selecionado para gravação, os avaliadores têm de cinco a 30 minutos para fazer uma pesquisa rápida e reunir mais informações para compartilhar quando for a hora de registrar o segmento.

5Roadshow de antiguidadesavaliadores não são pagos.

Cada gravação deRoadshow de antiguidadesusa cerca de 70 avaliadores em um espectro de especialidades, das belas-artes à cultura pop. Surpreendentemente, nenhum deles é pago por seu trabalho. Eles nem mesmo pagam suas despesas de viagem, se necessário. Os avaliadores geralmente aparecem para reforçar seu perfil na indústria de antiguidades. A única vantagem? Café da manhã grátis nos dias de filmagem.

6Roadshow de antiguidadestem regras sobre o que os hóspedes podem vestir.

Roadshow de antiguidadesavaliador Frederick Oster (fora da câmera) discute um violino francês por volta de 1875 com um convidado. Cortesia de Luke Crafton para WGBH, © WGBH 2018

Os produtores têm apenas uma regra rígida e rápida sobre as pessoas que podem ter uma avaliação filmada para a televisão. Suas roupas não podem exibir nenhum logotipo corporativo ou de marca, pois a série teria que obter autorização para exibi-las. Você pode ter uma ótima cômoda antiga, mas se estiver usando uma camisa Pepsi, provavelmente está sem sorte.

7Roadshow de antiguidadesnão avaliará certos itens.

Só porque algo é valioso, não significa que seja necessariamente adequado paraRoadshow de antiguidades. Os avaliadores se recusarão a avaliar veículos motorizados, selos, certificados de ações, papel-moeda, moedas, ferramentas, fósseis (desculpe, colecionadores de dinossauros), munições, explosivos ou qualquer coisa que considerem perigosa. O item banido mais curioso? Extintores de vidro. Também conhecidas como granadas de fogo de vidro, os objetos frágeis foram lançados no fogo no 19ºséculo na esperança de que o químico interno - tetracloreto de carbono (CTC) - pudesse suprimir as chamas. Mas o CTC é venenoso e não deve ser manuseado por ninguém.

8Roadshow de antiguidadesvai mover móveis.

Um estande de Matthew Egerton Jr. por volta de 1825 aguarda seu close-up emRoadshow de antiguidades.Cortesia de Luke Crafton para WGBH, © WGBH 2018

É fácil empacotar uma escultura ou um cartão de beisebol e levá-lo para uma gravação, mas como peças enormes de mobília chegam lá? Se o item for interessante o suficiente, o show irá movê-lo para os convidados. Os portadores de ingressos podem enviar fotos de seus móveis aos produtores. Se for escolhido para o show, os membros da equipe irão buscá-lo em qualquer lugar dentro de um raio de 60 milhas da gravação e, em seguida, devolvê-lo, tudo gratuitamente.

Koko, o gorila, teve um bebê?

9. O item mais valioso que já apareceu emRoadshow de antiguidadespode surpreendê-lo.

Pode ser difícil avaliar o que constitui o item mais valioso que já apareceu nos 22 anos de história daRoadshow de antiguidades. É o valor dado em uma avaliação ou o preço pelo qual um item foi vendido - se é que alguma vez foi colocado à venda? Para uma avaliação, a resposta parece serO alabanil(O operário), uma pintura de 1904 do artista Diego Rivera avaliada entre US $ 1,2 milhão e US $ 2,2 milhões pela avaliadora Colleene Fesko em setembro de 2018. Fesko a avaliou originalmente em US $ 800.000 a US $ 1 milhão na exposição de 2012, mas atualizou o valor para refletir os altos preços de venda de outras obras de Rivera. Uma pintura,Os rivais, vendido por $ 9,7 milhões.

10Roadshow de antiguidadesestá mudando.

Roadshow de antiguidadeso avaliador Gary Piattoni examina um baú de armazenamento que pertenceu aos Temptations. Cortesia de Luke Crafton para WGBH, © WGBH 2018

Segundo a produtora executiva Marsha Bemko, as últimas temporadas deRoadshow de antiguidadestem sido uma partida marcante das temporadas anteriores. Em vez de filmar em centros de convenções, o show instalou sua câmera em locais históricos. Durante a temporada de 2018, o show visitou o Ca ’d’Zan em Sarasota, Flórida, a antiga casa do pioneiro do circo John Ringling. A série também foi para Churchill Downs em Louisville, casa do Kentucky Derby, e o resort Hotel del Coronado em San Diego. Bemko disse ao site realityblurred.com que, embora recebam muito menos convidados durante essas visitas - os ingressos são limitados a 2.500 pessoas -, alguns locais hesitam em reservar o show por medo de atrapalhar ou criar uma bagunça. A tripulação, entretanto, é nada mais que profissional. Bemko disse que um representante local disse a ela que o FBI uma vez abriu uma loja lá e oRoadshow de antiguidadesa tripulação era de longe a mais organizada dos dois.

onze.Roadshow de antiguidadesnão consigo fazer tudo certo.

Com milhares de itens para examinar anualmente, os avaliadores de itens obscuros não podem ter uma média de acertos perfeita. O programa experimentou uma pontada de constrangimento em 2016, quando um rosto desfigurado em uma jarra foi apresentado para avaliação pelo avaliador Stephen Fletcher. Declarando-o um produto de cerâmica colecionável do final de 19ºou no início dos 20ºséculo, Fletcher disse que foi avaliado em $ 30.000 a $ 50.000. Acontece que o jarro - que foi comprado por US $ 300 em uma venda de propriedade - era na verdade um projeto de arte de uma escola de ensino médio do Oregon dos anos 1970. Uma amiga da artista, Betsy Soule, alertou-a sobre seu aparecimento na televisão. Fletcher afirmou que ainda era valioso, mas reduziu sua estimativa para entre $ 3.000 e $ 5.000.